Camada 1@0.5x_neg
Casa 1 reabre após 3 meses fechada
Compartilhar

Onda de solidariedade reconstruiu o lar dos meninos afetados pela enchente de 19 de Fevereiro

Na noite do dia 19 de Fevereiro, o desespero tomou conta da casa-lar 1. Uma chuva forte fez a água chegar até a altura do joelho em menos de duas horas. Nossas crianças precisaram deixar o conforto de seus lares, entrando em um barco que foi gentilmente cedido por um vizinho. A enchente foi pauta do telejornal Band Cidade.

Rapidamente realocamos nossas crianças em outras casas, mas o desafio só estava começando. No dia seguinte, as cenas observadas na casa nos encheram de preocupação: móveis, colchões, máquina de lavar, utensílios de cozinha… a água barrenta estragou muita coisa, algumas tornando-se inutilizáveis.

Com a missão de reconstruir o quanto antes o lar dos nossos meninos, começamos no mesmo dia a campanha “SOS enchente”. No entanto, já no comunicado sobre o ocorrido, recebemos diversas mensagens e comentários de pessoas dispostas a doar.

Graças a uma onda de solidariedade emocionante, reabrimos a casa-lar cerca 3 meses depois da enchente, após arrecadar mais de R$30 mil em doações. A pintura foi gentilmente cedida pelo Projeto Boa Obra, nosso parceiro de longa data, sempre atento às nossas necessidades.

A gestora da Fundação Iniciativa, Danielle Dallavechia, conta que “alguns dias, quando passávamos a fazer contas, parecia que nós não íamos conseguir, ou que estávamos longe do nosso objetivo final, mas felizmente, com a ajuda de todos, com muita inteligência de equipe, conseguimos organizar de uma maneira que mais pessoas também vieram, e tivemos esse resultado, podemos entrar nessa casa que supera nossas expectativas, que vai além de como ela estava.”

O evento de reinauguração contou com a presença de autoridades como os vereadores Dalton Borba, representantes dos vereadores Noemia Rocha, Beto Moraes, Herivelto Oliveira, Alexandre Leprevost, Sidnei Toaldo, Mauro Ignácio, o senhor Silberto Cardoso, representando o Secretário de Estado do Desenvolvimento Social e Família do Paraná Rogério Carboni. Representando nossos voluntários contamos com a presença da Ong Semeando Amor e da coordenadora do projeto Boa Obra, Giliane Rocha. Além de representantes do Rotary Club Cruzeiro do Sul. Também estiveram presentes Juliana Muller Sabbag, presidente do Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente do Paraná e Patrick Reason, Presidente da Instituição de Acolhimento Encontro com Deus.

“Pra gente é um prazer cooperar para aquilo que eles já estão fazendo, que é um trabalho lindo com crianças e adolescentes. A gente deixa esses lares ainda mais aconchegantes, para que essas crianças se sintam valorizadas e amadas”

Giliane Rocha
Compartilhar